Logo tv aberta
 

Apesar de alta em internações, Covas diz não haver 2ª onda em São Paulo

O prefeito e candidato à reeleição, Bruno Covas (PSDB), afirmou hoje que "não há segunda

19/11/2020 22:22:52

Apesar de alta em internações, Covas diz não haver 2ª onda em São Paulo

O prefeito e candidato à reeleição, Bruno Covas (PSDB), afirmou hoje que "não há segunda onda" de coronavírus na cidade de São Paulo, apesar dos alertas de hospitais e autoridades sobre um aumento no número de internações na capital.

Covas repetiu duas vezes - em agenda de campanha e, em seguida, em entrevista coletiva - que a cidade tem uma "estabilidade da evolução na pandemia" e que não vai flexibilizar nem retroceder, por enquanto, as ações de quarentena. "Vamos mostrar que não há segunda onda na cidade e que há uma estabilidade na pandemia", disse ele.

Aumento de internações

Depois de tomar café da manhã em uma padaria no Itaim Paulista, Zona Leste da cidade, Covas foi questionado sobre dados da Fundação Sead (Sistema Estadual de Análise de Dados), segundo a qual houve aumento de 29,5% das internações na cidade. Durante a agenda, Covas não se estendeu sobre o assunto.

Já durante entrevista coletiva, a Prefeitura minimizou a alta recente, afirmando que os índices de internação na capital tiveram oscilações durante toda a pandemia e que o aumento atual se deve, principalmente, por movimentos migratórios (movimentação de pessoas de outras cidades) e pelo relaxamento da população em medidas de prevenção, com aglomerações em bares, festas e até domicílios.

Segundo levantamento apresentado pelo secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, hoje a rede pública da capital tem 45% de ocupação de UTIs em leitos para a covid-19, enquanto a rede privada tem 76%.

O secretário ainda afirmou que, hoje, 20% das internações na capital são de pessoas residentes de outras cidades, índice que, segundo ele, era de 13% em abril.

Dados do consórcio de imprensa divulgados ontem à noite mostram alta de 71% na média móvel de mortes no estado de São Paulo. Até ontem, o estado já havia registrado 1.184.496 casos e 40.927 mortes por covid-19. Na capital, são 387.228 casos e 14.066 óbitos, com 1% de alta na quarta-feira, segundo dados da Prefeitura.

fonte: UOL

Texto extraído do site portal Fecomerciarios.

NO FACEBOOK

PROGRAMAÇÃO

End.: Rua Cardoso de Almeida, 2269 - Perdizes - CEP: 01251-001 - São Paulo/SP - Telefone (11) 3868 - 2802 - Todos os direitos reservados - © 2012 TV Aberta São Paulo