Logo tv aberta
 

Doria prorroga quarentena em São Paulo até 14 de julho

O Governo de São Paulo atualizou nesta 6ª feira (26.jun.2020) os níveis de flexibilização

26/06/2020 23:23:58

 Doria prorroga quarentena em São Paulo até 14 de julho

O Governo de São Paulo atualizou nesta 6ª feira (26.jun.2020) os níveis de flexibilização permitidos em cada região do Estado. De acordo com o governador João Doria (PSDB), a quarentena será mantida pelo menos até 14 de julho. Ele acrescentou que o Estado completará 100 dias com medidas de isolamento no próximo dia 1º. Esta é a 6ª vez em que a quarentena é prorrogada.

Eis a íntegra (844 KB) dos dados apresentados pelo governo. E eis a divisão de São Paulo por etapas de flexibilização:

O chamado “Plano São Paulo” foi anunciado em 27 de maio. Ele condiciona as atividades que podem ser retomadas de acordo com certos critérios sanitários, como o nível de ocupação de leitos para pacientes com covid-19. Quanto mais avançada a fase, menos restrições.

O governo do Estado reavalia os indicadores a cada duas semanas para determinar que regiões podem progredir para a próxima etapa –ou se alguma localidade precisa voltar à restrições mais severas.

Em relação à avaliação anterior (19.mai), apenas o município de São Paulo e suas sub-regiões Sudeste e Sudoeste avançaram de fase. Já Araçatuba, Bauru, Piracicaba e Sorocaba retornaram à fase vermelha.

O governo estadual registrou 1 novo recorde de diagnósticos confirmados em 24 horas pelo 3º dia consecutivo. Foram 9.921 novos casos registrados nesta 6ª feira (26.jun). No mesmo período, as autoridades confirmaram mais 207 mortes causadas por covid-19.

A estatística desconsidera o número de novos casos de 19 de junho. A data acumulou dados de 2 dias anteriores, que não tinham sido divulgados por uma falha do sistema, o que levou a 1 número elevado: 19.030 diagnósticos.

Capital paulista

A cidade de São Paulo avançou para a “fase amarela” e poderá reabrir bares, restaurantes e salões de beleza (com restrições). Mas, de acordo com o prefeito Bruno Covas (PSDB), a retomada só acontecerá na próxima 6ª feira (3.jul) para atender a uma recomendação das autoridades sanitárias:

“A recomendação dada pelo Centro de Contingência é que, apesar de o município estar agora na fase amarela, a gente esperar uma semana. Portanto, a classificação que nós teremos na 6ª feira da semana que vem, para que o município possa abrir aquilo que a fase amarela permite”, afirmou o prefeito.

Covas também anunciou que o hospital de campanha montado do estádio do Pacaembu será desativado na 2ª feira (29.jun). Ele argumentou que a cidade tem mais de metade dos leitos disponíveis:

“Desde o dia 1º de junho essa taxa [de ocupação] vem diminuindo na cidade de São Paulo e nos últimos 10 dias nós estamos com uma taxa abaixo dos 50%. Por isso a Prefeitura entende que chegou o momento de começar a fechar esses leitos na cidade. Vamos fechar na segunda-feira o hospital municipal de campanha do Pacaembu”, afirmou o prefeito.

Texto extraído do site MSN.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ver todas as notícias

NO FACEBOOK

PROGRAMAÇÃO

End.: Rua Cardoso de Almeida, 2269 - Perdizes - CEP: 01251-001 - São Paulo/SP - Telefone (11) 3868 - 2802 - Todos os direitos reservados - © 2012 TV Aberta São Paulo